Tarte Crua de Cacau e Alfarroba (Para o dia da Mãe)

Faz 10 anos que comemoro este dia como mãe… Faz 10 anos que começou o maior desafio da minha vida… E por isso hoje é um dia especial.

Claro que todos os dias são dias das mães, mas é sempre bom haver um data para o marcar. Por isso aproveitem hoje e estejam com as vossas mães, mimem-nas e encham-nas de beijos. Para a minha mãe um beijo do tamanho do mundo !!!!!

E para o dia da mãe ser bem docinho, fiz esta tarte de cacau e alfarroba. É tão fácil de fazer, não necessita de forno ou fogão pois é uma tarte crua. Não podia ser mais saudável, é vegan, não tem glúten nem leite e está  cheia de ingredientes maravilhosos que nos fazem bem ao corpo e à alma… Posso confessar que ainda não a provei como deve de ser, porque só vai ser aberta ao almoço, mas enquanto a preparei fui lambendo as colheres e adorei o sabor forte a cacau a contrastar com a suavidade da base.

Querem experimentar? Depois digam-me se gostaram… 🙂

FELIZ DIA DA MÃE!!!!!

2016-05-01 09.32.02 5_

2016-05-01 09.32.02 3_

2016-05-01 09.32.03 2_

Tarte Crua de Cacau e Alfarroba

Ingredientes para a base (para uma forma pequena de 20 cm):
– 5 tâmaras sem caroço
– 100 gr de coco ralado
– 3 Colheres de sopa de óleo de coco derretido
– 50 gr de oleaginosas (usei cajus e amêndoas)

Ingredientes para o recheio:
– 2 bananas médias maduras
– 1/2 chav. de cajus (demolhados durante cerca de 6 horas)
– 4 tâmaras sem caroço
– 1 colh. de sopa de geleia de arroz
– 3 colh. de sopa de alfarroba em pó
– 3 colh. de sopa de cacau puro em pó
– 4 colh. de sopa de óleo de coco derretido
– canela e amêndoas raladas para polvilhar (opcional)

  1. Num processador de alimentos as triturar as oleaginosas até virarem farinha (Bimby 6s, Vel6).
  2. Juntar o coco ralado e triturar mais alguns segundos (Bimby 6s, Vel6)
  3. Retirar o preparado anterior e triturar as tâmaras até ficarem bem picadinhas (Bimby 10s, Vel6 (Baixar com uma espátula as tâmaras que se colam ao copo ).
  4. Juntar a farinha reservada e o óleo de coco derretido e misturar (Bimby 10s, Vel3). A massa deve ficar ligeiramente húmida para manter a forma quando moldada.
  5. Espalhar a massa na base da forma, fazendo alguma força para esta ficar compacta.
  6. Para o recheio começar por triturar os cajus no processador de alimentos (Bimby 5s, Vel6).
  7. Juntar os restantes ingredientes do recheio e misturar bem (Bimby 10s, Vel3).
  8. Espalhar o recheio por cima da base da tarte e polvilhar com canela e amêndoa ralada.
  9. Levar a tarte ao frigorífico para que solidifique.

Receita inspirada no blog As Dicas da Oksi.

  • Que maravilha de tarte, ainda por cima tão saudável! A textura convenceu-me logo 😀

    • Maria

      Estava mesmo fantástica! E super saudável… 🙂