Papas para Bebés (Parte 2): Papa de Quinoa com Papaia

Hoje vou continuar com as papinhas para bebés… Já vos deixei uma papa muito simples de aveia com maçã, desta vez decidi ser mais ousada e usar a quinoa. 🙂

Já falei aqui dos inúmeros benefícios da quinoa, mas acho que muita gente não sabe que também os bebés desde os 8 meses podem usufruir deste pseudo-cereal maravilhoso. Os bebés só têm a ganhar se começarem desde cedo a habituar-se a diferentes sabores e texturas, infelizmente hoje em dia a alimentação infantil é pouco diversificada e em relação aos cereais, baseia-se muito no trigo, arroz e pouco mais.

Esta papinha tanto pode ser feita triturando a quinoa, para bebés mais pequenos, como usando a quinoa inteira, o que é ideal para os bebés que se estão a habituar a texturas maiores. Para a fruta escolhi a papaia, por ser tão benéfica para o sistema digestivo. Mas esta papinha resulta muito bem também com manga ou mesmo com uma mistura das duas frutas.

E se estão a pensar que é difícil de fazer enganam-se! Basta cozer a quinoa e triturar… Não têm desculpas para não experimentarem. O vosso bebé agradece! 🙂

NOTA: Adultos não se sintam excluídos, podem também comer esta papa, é deliciosa. Juntem alguns toppings ao vosso gosto para um sabor extra (eu juntei amêndoas, coco ralado, lascas de coco e baunilha, ficou MESMO boa!).

Continue reading

Pão Proteico de Quinoa e Chia

Seguir uma alimentação sem glúten está um bocadinho na moda. Muito se fala sobre o glúten e muitas são as receitas sem glúten que invadem a internet e as redes sociais. Eu não sou adepta de modas… Gosto simplesmente de seguir aquilo que faz sentido para mim. Aquilo com que me sinto bem… E, tal como expliquei aqui, o glúten é de facto um inimigo a abater na minha alimentação. Senti uma grande diferença desde que o eliminei. Para melhor…

E como o pão é algo de que não prescindo, muitas são as minhas experiências para criar pães sem glúten saudáveis e que me saibam bem (tarefa árdua!). Esta foi uma experiência de sucesso (no meio de outras falhadas) e por isso sinto-me na obrigação de a partilhar convosco. 🙂

Recomendo este pão aos apreciadores de quinoa. Eu ando cada vez mais fã deste pseudo-cereal cheio de proteína, aminoácidos essenciais, fibra, vitaminas e minerais. Juntando com as sementes de chia conseguimos um pão altamente preteico e com baixo teor de hidratos de carbono, o que o torna numa boa escolha para dietas de emagrecimento, anti-cândida e para diabéticos. Com a vantagem acrescida de ser muito fácil de fazer, uma vez que não leva fermento e não necessita de levedar. Faz-se como se fosse um bolo…

Depois do pão cozer e arrefecer, eu costumo fatiar e guardar no congelador. Assim, sempre que preciso, é só tirar uma fatia, colocar na torradeira e deliciar-me com um pão fresquinho, saboroso e que me enche de boas energias.

Processed with VSCO

Processed with VSCO

Processed with VSCO

Continue reading

Croquetes de Tofu e Quinoa

As minhas irmãs ofereceram-me no Natal o livro da Gabriela Oliveira, “Receitas Vegetarianas para Quem Quer Poupar“, e desde então que estou viciada nestas receitas (obrigada manas!!!). Já experimentei várias, faço sempre as minhas adaptações claro, mas são todas maravilhosas e saem sempre bem. Quando não sei o que fazer de almoço ou jantar, abro o livro e encontro sempre uma boa ideia. Foi o caso destes croquetes de tofu e quinoa. Ricos em proteína, cálcio, fósforo e magnésio, estes croquetes fizeram as delícias dos meus pequenotes (e da mamã também!). Muito bons mesmo!

Esta é mais uma boa sugestão para as refeições das crianças. Pelo menos cá por casa tudo o que seja croquete, almôndega ou hambúrguer é sempre muito bem aceite pelos meus filhos. Ao contrário do que podemos pensar, as crianças não gostam só de carne. Se lhes oferecermos desde cedo uma alimentação variada, elas aprendem a apreciar os diferentes sabores e a gostar um bocadinho de tudo. Claro que são todas diferentes e pode haver alimentos de que não gostem mesmo, mas isso é uma característica própria, não é esquisitice. Eu sou adepta que todas as cantinas escolares deveriam ter opções vegetarianas, nem que fosse 1 vez por semana. A quantidade de proteína animal que oferecem às crianças nas escolas é muito elevada, o que não é de todo benéfico para a saúde e terá com certeza consequências negativas na idade adulta.

Desafio a experimentarem estes croquetes e darem aos vossos filhos. Não há desculpas porque são muito fáceis de fazer… Acho que a maioria das pessoas pensa como o meu marido, quando me vê na cozinha com as mãos “na massa”:
– Que trabalheira tens tu! – diz-me ele.
Pois não dá trabalho nenhum, ou melhor, fazer estes pratos vegetarianos dá o mesmo trabalho que uma receita mais convencional. É só apanhar o jeito… 🙂

Processed with VSCO

Processed with VSCO

Continue reading

A Quinoa

Só há pouco tempo introduzi a quinoa na minha alimentação. A quinoa é considerada por muitos como o alimento perfeito. Naturalmente sem glutén, a quinoa é rica em proteínas (das maiores fontes de proteína de origem vegetal), aminoácidos essenciais, fibras, ácidos gordos ómega 3 e ómega 6, vitaminas (A, B6, B1, E e C) e minerais (cálcio, ferro, fósforo, cobre, magnésio, cloro e zinco).

Já tinha experimentado quinoa há alguns anos durante o curso de culinária vegetariana mas não tinha gostado muito do sabor. Por isso a minha relação com a quinoa ficou por aí. No ano passado, de tanto ouvir falar dos benefícios da quinoa, decidi cozinhá-la em casa para experimentar. Ainda não adoro o sabor (acho que continuo a preferir o arroz) mas a quinoa já tem um lugar cativo na minha despensa, nem que seja pelo bem que faz. Há 2 tipos de quinoa, a branca e a vermelha. Já experimentei ambas e não noto diferenças de sabor. Como têm o mesmo tempo de preparação, costumo juntar as duas para fazer um prato mais colorido.

Processed with VSCOcam

Continue reading