Tipos de Canela

Há uns tempos descobri algo que sinto que ainda é do desconhecimento da maioria das pessoas. E como tal merece ser partilhado. 🙂

Reparei que a cor da canela biológica que costumo comprar era diferente da cor da tradicional canela do supermercado (ainda tinha um frasco antigo perdido lá por casa). Ora pois claro que fui pesquisar e descobri que há 2 tipos de canela. A verdadeira, chamada canela-do-ceilão, vem da planta “Cinnamomum Zeylanicum” e é originária do Sri Lanka, Índia, Madagáscar, Caraíbas e Brasil. Tem uma cor mais clara e os seus paus têm várias camadas de folhas bem finas. O seu sabor é bastante intenso. Esta é a canela que tem imensas propriedades nutritivas, até medicinais, e que deve ser incluída na nossa alimentação. Um dos seus grandes benefícios é o de ajudar a regular os níveis de açúcar no sangue. Já a falsa canela, também chamada de cássia ou canela-chinesa, vem da planta “Cinnamomum Aromaticum” e é originária da China, Vietname, Coreia e Japão. É de cor mais escura e os seus paus são mais rijos, só de uma folha. Tem um sabor idêntico, embora mais suave, que a canela verdadeira. Como este tipo de canela é mais comum, torna-se mais barata e é aquela que mais se encontra à venda.

O principal problema é que a falsa canela pode ser tóxica quando consumida em quantidades elevadas (mais de 5 gramas). Para além de poder irritar o estômago e agravar úlceras, esta canela, como possui níveis elevados de uma substância chamada cumarina, que tem fortes propriedades anticoagulantes, pode ser perigosa para pessoas com problemas de coagulação do sangue.

Como tal, da próxima vez que comprarem canela, verifiquem a sua origem (eu compro no Celeiro). Mesmo por um preço ligeiramente superior vale a pena escolhermos a canela verdadeira. Evitamos estes problemas e, já agora, beneficiamos das propriedades deste alimento maravilhoso.

Bolo Simples de Aveia e Alfarroba

Se me pedissem para escolher quais os meus 5 alimentos preferidos, a aveia seria certamente um deles. Pelas suas propriedades nutricionais (de que já falei aqui) e pela sua versatilidade, a aveia é mesmo um alimento de que não prescindo. Em farinha, em flocos ou em grão, pode ser usada para fazer papas, barritas, bolos, bolachas, pão, grânola, panquecas, hambúrgueres, almôndegas (e a lista não acabaria por aqui). Mas o melhor de tudo é que a aveia me faz sentir bem, reconfortada, feliz…

Por isso o bolinho que vos trago hoje só podia ser tudo de bom. Para além de ter a super aveia, não tem ingredientes refinados, é adoçado apenas com fruta e é MUITO saboroso.  É um lanche excelente, para miúdos e graúdos, e não podia ser mais fácil de fazer. É só misturar tudo e já está! Não há mesmo desculpas para não se fazerem escolhas saudáveis…

Processed with VSCO

Processed with VSCO

Processed with VSCO

E os vossos alimentos preferidos, quais são?

Continue reading

Biscoitos Simples de 2 Sabores

Há dias, em conversa com a minha irmã R., ela confidenciou-me que por vezes não fazia as minhas receitas porque tinham ingredientes pouco comuns, que a maioria das pessoas nem sempre tem em casa. De início fiquei surpreendida, sempre achei as minhas receitas simples, mas depois acabei por lhe dar razão. Quando decidimos mudar a alimentação, iniciamos um processo de descoberta de novos sabores, de novos ingredientes, de novos métodos de cozinhar. Essas novas realidades passam a fazer parte do nosso mundo, mas não necessariamente do mundo das outras pessoas. E nem sempre temos noção disso…

Por isso hoje, para me redimir de possíveis ingredientes complexos que aqui tenha sugerido, deixo uma receita do mais simples que pode haver. Apenas com dois ingredientes base, flocos de aveia e banana, e com dois sabores à escolha, canela e alfarroba. Em pouco mais de 20 minutos têm uns biscoitos muito saborosos, ótimos em qualquer altura do dia e que agradam a toda a gente. Sem açúcar, sem leite e sem gordura, estes biscoitos podem até ser dados a bebés desde os 6 meses de idade se optarem por aveia sem glúten. É uma boa sugestão de receita para fazerem com as crianças, eles vão adorar meter as mãos na massa!

Processed with VSCO

Processed with VSCO

Continue reading

Panquecas de Papas de Aveia

Já sabem que sou fã de papas de aveia… São os três Ss que preciso: saciantes, saborosas e saudáveis! Por isso logo que bati o olho nesta receita de panquecas tive de ir testar a ideia. São panquecas de flocos de aveia baseadas na filosofia das overnight oats, em que a aveia fica de molho algum tempo para “cozer” e engrossar.

O resultado foram umas panquecas diferentes do habitual, não coesas como as que costumo fazer (parecem umas papas mais consistentes) mas o sabor ficou bastante bom.  Foram uma agradável surpresa.

E não dão trabalho nenhum, nem é preciso usar a varinha mágica. O que é ótimo para o corre-corre matinal! Podemos simplesmente deixar a panqueca ao lume, ir fazer qualquer coisa, voltar e virar a mesma, ir terminar o que estávamos a fazer, e quando regressamos estão prontas! Depois é só acrescentar as coberturas ao nosso gosto, eu usei iogurte de soja natural, pêssego e canela mas podem usar o que mais gostarem. Fruta variada, manteiga de amendoim ou amêndoa, sementes, grânola… Para adoçar a panqueca usei a combinação maçã e canela, que nunca falha. Mas também podem experimentar com banana, ou mesmo sem nada… O simples fica sempre bem, certo? 🙂

Processed with VSCO

Processed with VSCO

Continue reading

Bolo Húmido de Fruta

Começa o mês de Junho e eu sou um bocadinho mais feliz. Sou decididamente movida a calor, a bom tempo, a sol, a luz… Nada como estes dias de céu azul para nos deixar bem dispostos e cheios de vontade de sair por aí e aproveitar.

E com o tempo um pouco mais quente, vem mesmo a calhar um bolo mais fresquinho. 🙂
Este é um bolo diferente dos que eu faço normalmente. Sou sincera, gosto mais de bolos secos, daqueles que se acompanham com um chá… Bolos de lanche, que lembram os das nossas avós. Mas desta vez deu-me para inovar e saiu este bolo húmido, quase um pudim, que até se pode comer à colher. Sem glúten, sem fermento, sem gordura e sem açúcar… mas com muito sabor!

Experimentem! E tenham um domingo muito feliz!

Processed with VSCO

Processed with VSCO

Processed with VSCO Continue reading

Bolo de Maçã

Este foi um bolo feito a 4 mãos. A minha pequenita decidiu ajudar-me na cozinha e adorou mexer o bolo e fazer as claras em castelo. Cada vez que metia o nariz na taça só dizia: “Hum, cheia tão bem…”.

E é verdade, a mistura maçã com canela é mesmo aromática e só isso serve para adoçar o bolo. Coloquei um pouquinho de açúcar de coco mas que pode perfeitamente ser omitido. O bolo fica maravilhoso, fofinho e um pouco húmido, e é tão bom quando encontramos um pedacinho de maçã… O puré de maçã, para além de substituir o açúcar, substitui também a gordura. É um ingrediente fantástico para fazer bolos.

Uma sugestão de lanche: Esmigalhar uma fatia deste bolo para uma tigela, cobrir com iogurte de soja sabor a coco e alguns morangos. Acreditem, é perfeito… (Nem consegui tirar uma foto porque devorei tudo num instante!!!!)

Processed with VSCO

Processed with VSCO with f2 preset

Continue reading

Bolo Rápido na Máquina de Fazer Pão

Maravilhoso este bolo… Fica levemente doce mas muito saboroso. Substituí a gordura da receita original por óleo de coco e o açúcar por açúcar de coco, para o tornar num bolo mais saudável. A canela e a erva doce dão aquele toque especial, de sabor e de conforto. Tão bom nestes dias de Inverno… Usei a máquina de fazer pão, de vez em quanto gosto de fazer bolos sem ter de me preocupar com mais nada.  E realmente é bastante prático, basta colocar tudo para dentro da cuba e esperar que o cheirinho bom invada a casa. Mas também pode ser feito à mão, misturando todos os ingredientes.

As minhas crianças adoram este bolo, é ótimo para enviar para a escola.

Processed with VSCOcam

Processed with VSCOcam

Já agora, uma curiosidade. Sabiam que o açúcar de coco é um dos adoçantes mais saudáveis e dos melhores substitutos do açúcar? Não é processado, nem adulterado, não contém aditivos e é 100% natural. É muito mais nutritivo que os outros adoçantes comuns e é rico em nutrientes: potássio, magnésio, zinco, ferro e vitaminas B1, B2, B3 e B6. Tem um índice glicémico muito mais baixo que o açúcar normal, e por isso a libertação de energia no nosso organismo é lenta e gradual (sem picos). Em termos de sabor é muito parecido com o açúcar mascavado, devendo ser usado em medidas semelhantes.

Mais informação sobre substitutos do açúcar aqui.

Continue reading

Broas Rústicas para o Natal

Estava em falta com uma receita de Natal… Eu adoro broas castelares, está no top dos meus doces de Natal preferidos. Lembro-me sempre das broas do Califa (quem mora na zona de Benfica, em Lisboa, de certeza que me entende), que estavam sempre presentes nos Natais quando eu era pequena. Tão boas…

Como gosto de inventar nas minhas receitas, decidi criar umas broas mais rústicas (e mais saudáveis, claro!). Vegan, sem açúcar e com pouca gordura, estas broas ficaram PERFEITAS! Não perdem mesmo nada face às originais… A conjugação dos sabores da batata-doce, da amândoa com a erva doce e a canela resultou mesmo bem. E o cheirinho que deixaram pela casa?

Processed with VSCOcam

Processed with VSCOcam

Processed with VSCOcam

(UPS!!! Esta já foi “roubada” pela minha pequenita 🙂 )

Continue reading

Bolachas de Aveia e Cacau

Hoje deixo-vos mais uma boa ideia para substituir as bolachas de pacote, carregadas de açúcar, gorduras e aditivos. Com o maravilhoso sabor da canela e o poder energético do cacau, estas bolachinhas são muito agradáveis, saciantes e super fáceis de fazer. E são livres de açúcares, farinhas refinadas, leite e gorduras. Muito boas para os miúdos levarem para os lanches na escola. E para todos os momentos em que a fome aperta…

Processed with VSCOcam

Processed with VSCOcam

Continue reading