Sobre a Escovagem Corporal

Somos confrontados diariamente com inúmeras fontes de intoxicação do nosso corpo. Através daquilo que comemos, dos produtos que colocamos na pele, mas também através do que pensamos e sentimos. Sim, comer bem e de forma saudável não serve de muito se nos intoxicamos com pensamentos negativos que nos destroem por dentro, enfraquecem o nosso sistema imunitário e nos deixam mais vulneráveis à doença. Sermos positivos e estarmos de bem com a vida é a melhor forma de vivermos em modo “detox”.

Mas há mais um excelente método, e este bem mais concreto, de fazermos uma limpeza diária ao nosso corpo. Chama-se escovagem corporal a seco (dry brushing), conhecem? A pele é um orgão de absorção, já aqui tinha referido, mas também é um orgão de eliminação, desempenhando um papel crucial na limpeza das toxinas e impurezas do corpo. Esta eliminação faz-se com o suor mas também com a renovação dos tecidos da pele. Ao escovar o corpo estamos a eliminar o excesso de células mortas,  ao mesmo tempo que contribuímos para melhorar a circulação, promover a drenagem linfática e diminuar a celulite. Outros benefícios são a regulação das glândulas sebáceas e hormonais e a diminuição de manchas, cicatrizes e estrias, tornando a pele mais uniforme.

E como fazer a escovagem corporal a seco? Muito fácil! Basta usar uma escova de cerdas naturais própria e escovar o corpo diariamente antes de tomar banho (com o corpo seco, bem como a escova). Depois do banho aplicar um bom hidratante e já está! O tempo que demoram só depende de vocês, poderão ser 10 minutos, para uma escovagem mais completa, mas se o fizerem em 3 minutos já terão muito a beneficiar.

Segue o método de escovagem que eu aconselho:

– Realizar sempre movimentos circulares longos, no sentido anti-horário, em direção ao coração
– Não concentrar muito a escovagem no mesmo local para não magoar
– Começar pelos pés, pernas, nádegas e depois continuar pela barriga, peito, mãos e braços (não esquecendo as plantas dos pés e as palmas das mãos)
– Prosseguir pelas costas no sentido descendente, desde os ombros até à região dos rins
– Adaptar a força da escovagem à região em causa, para não irritar a pele: o peito e a barriga são mais sensíveis, não devendo ser aplicada tanta força nestes locais
– No fim bater com a escova no lavatório e passar as mãos pelas cerdas para remover as células mortas

Desde que experimentei esta técnica que realmente noto a pele mais macia. E, confesso, não faço a escovagem todos os dias (ainda não se tornou rotina, tenho esse objetivo estabelecido!).
Para além disso gosto imenso da sensação que a escovagem me proporciona, é uma espécie de massagem matinal. 🙂

Em relação às escovas, eu comprei a minha online na Nature´s Invitation mas sei que também há no Celeiro, na Body Shop e até em vários supermercados. A única exigência é que seja de cerdas naturais e convém que tenha um cabo comprido (idealmente desmontável) para que possam chegar bem às costas.

Desafio-vos e experimentarem! Depois contam-me se gostaram?