Arroz de Vegetais e Alga Arame

Para além de ter uma costela alentejana, que me faz adorar pão, acho que devo ter também qualquer costela asiática porque decididamente adoro arroz. De qualquer tipo, cozinhado de qualquer forma, simples ou misturado com outros ingredientes.

Quando descobri o arroz integral, ainda nos tempos de faculdade quando ia à cantina macrobiótica do ISCTE, fiquei viciada mas as minhas tentativas de reproduzir o mesmo em casa nunca tiveram muito sucesso (o arroz ou ficava mal cozido ou empapado). Só há bem pouco tempo é que percebi que a Bimby me podia ajudar muito nesta tarefa. Consigo fazer um arroz integral muito saboroso, no ponto (ver receita aqui). Desde então que tenho sempre arroz integral guardado em caixinhas, no congelador, as quais vou usando à medida que me apetece.

E numa dessas vezes apeteceu-me inventar um arroz de algas. Que estranho, devem estar a pensar… As algas podem não ser vistas por muita gente como um alimento mas já são consumidas pela cultura oriental há muito tempo. E são MUITO saudáveis!

Aqui ficam os principais benefícios das algas na alimentação:

– São ricas em minerais como cálcio, magnésio, ferro, fósforo e oligoelementos como iodo, silício, zinco, manganésio, cobre e selénio.
– São fontes de vitaminas B1, B2, E e niacina, contendo todos os aminoácidos essenciais e 9 aminoácidos não essenciais.
– São ricas em fibras e proteína.
– São saciantes, sendo muito úteis em dietas de emagrecimento.
– Ativam o funcionamento intestinal, limpam o organismo de toxinas e ajudam a diminuir o colesterol.
– Fortalecem os ossos, cabelos e unhas.
– Eliminam fungos do organismo.

Há algas de vários tipos, que podem ser usadas em diversas preparações culinárias. Estas são as minhas prediletas:

Kombu: Para cozinhar com as leguminosas (aumenta a sua digestibilidade) e na sopa (aumenta o teor de minerais)
Arame: Nos pratos de arroz e vegetais
Ágar-Ágar: Para fazer gelatinas, doces, iogurtes e espessar molhos (atua como solidificante)

Mas a variedade não acaba por ai. Há ainda outros tipos de algas como wakame, hijiki ou nori (usada no sushi)… Podem fazer uma visita atenta ao supermercado e de certeza que vão encontrar (atualmente já existe à venda em qualquer supermercado, na zona de produtos saudáveis).

As algas são muito fáceis de usar, basta ficarem de molho cerca de 10 minutos e depois podem ser cozinhadas normalmente com os restantes alimentos.

Apenas umas nota, o consumo de algas em excesso é contra-indicado para quem sofre de hipertensão (por terem um elevado teor de sódio) e hipertiroidismo.

Bom, mas voltemos a este arroz. Só posso dizer que ficou maravilhoso! E foi tão fácil de fazer… Bastaram alguns minutos para ter uma refeição saciante, deliciosa e muito saudável. E ainda dizem que comer bem é complicado… 🙂  Experimentem e digam-me o que acharam.

Processed with VSCO

Processed with VSCO

Continue reading

Salada de Papaia, Cebolinho e Gengibre com Sumo de Lima

Como é que o Verão já vai com este andamento e eu ainda não vos tinha trazido uma salada?Para me redimir hoje deixo-vos uma salada MARAVILHOSA, ideia de uma amiga que fez para um almoço que tivémos (obrigada Alexandra 🙂 ). Fiquei fã, é muito simples, com poucos ingredientes, mas super saborosa e saudável. Para além dos benefícios do gengibre e do cebolinho (de que já falei aquiaqui), estamos a usufruir das imensas propriedades desta fruta fantástica que é a papaia. Confesso que não era uma fruta que eu gostava particularmente quando era criança mas com o passar dos anos começámos a darmo-nos melhor e hoje é uma das minhas frutas de eleição. E ainda bem, porque traz imensos benefícios para a saúde, entre os quais destaco:

– É rica em proteína, fibras, cálcio, ferro, betacaroteno e vitaminas K, B1, B2, B3 e C
– Auxilia o processo digestivo devido à presença de uma enzima chamada papaína
– Eficaz no tratamento de parasitas intestinais
– Anti-inflamatória, antiviral e anti-cancerígena

O sabor suave da papaia combina mesmo bem com os sabores mais fortes do gengibre e do cebolinho e o sumo de lima dá o toque final perfeito. Esta é uma salada que pode servir como entrada ou como acompanhamento de qualquer refeição. Não deixem de experimentar… 🙂

Processed with VSCO

Processed with VSCO

Continue reading

Tofu com Broa

Adoro transformar pratos tradicionais em versões vegetarianas…Esta é a adaptação do famoso e tão português Bacalhau com Broa. Sou sincera, adoro este prato, mais pela combinação broa, azeite e coentros do que propriamente pelo bacalhau. Por isso a versão vegetariana tinha tudo para ter sucesso e não me enganei. Ficou ótimo (ou não fosse eu uma adepta de tofu), a meu ver até superou o prato original!

Acompanhado com uma boa salada, esta é uma refeição completa que nos faz sentir bem e mais felizes. Experimentem!

Processed with VSCO

Processed with VSCO

Continue reading

Hambúrgueres de Feijão e Cogumelos

“Humm, tão bom!” foi a fase dita pela minha filha, de 4 anos, das duas vezes que comeu estes hambúrgueres de feijão e cogumelos. Mesmo sendo um pouco seletiva com a comida, especialmente com os vegetais e os legumes, ela ficou deliciada com estes hambúrgueres. E compreende-se bem porquê, é que são mesmo saborosos! Por isso, mamãs e papás que me estão a ler, aqui têm mais uma ótima opção para as refeições dos vossos filhotes. Saudáveis, e muito nutritivos, estes hambúrgueres são muito fáceis de fazer e uma boa alternativa às fontes de proteína animal.

Continue reading

Almôndegas de Lentilhas

Imaginem o cenário: 5ª feira ao final da tarde, frigorífico quase vazio e nada para o jantar. Precisava de alguma coisa rápida, por ser dia de semana e o tempo não ser muito. E lembrei-me de inventar estas almôndegas de lentillhas… Em meia hora tinha um jantar super saboroso, nutritivo e que os meus pequenotes adoraram.  E ainda dizem que é complicado comer bem…

Sabiam que este é o Ano Internacional das Leguminosas? Esta nomeação foi feita para promover a importância destes alimentos, cujo consumo tem vindo a diminuir nos últimos anos. Para inverter esta tendência a Associação Portuguesa dos Nutricionistas (APN) lançou a campanha Uma Porção de Leguminosas por Dia, de modo a voltarmos a consumir estes alimentos tão ricos nutricionalmente na dose recomendada (idealmente 4% da nossa alimentação, em vez dos atuais 0,6%).

Para mais informações sobre as leguminosas, vejam o e-book publicado pela APN Leguminosa a Leguminosa, encha o seu prato de saúde. Está bastante completo e tem dicas muito úteis.

Processed with VSCO

Processed with VSCO

Continue reading

Caril de Grão e Brócolos

Adoro grão, adoro caril, por isso a combinação de ambos tinha tudo para resultar bem. E não me enganei, este prato ficou maravilhoso… Suave e ao mesmo tempo com muito sabor.

O grão é mesmo um dos meus alimentos de eleição. É a minha proteína vegetal preferida, sacia-me, ao mesmo tempo que me conforta. Como se, para além de nutrir o meu corpo, me alimentasse também a alma…

A alimentação ideal deveria ser isso mesmo, baseada nos alimentos que nos fazem sentir bem, completos, felizes. Não há dietas nem regimes alimentares que resultam para toda a gente, acredito plenamente na bioindividualidade. O que resulta para uma pessoa pode não resultar para outra. Porque somos todos diferentes…

Para saber o que resulta connosco nada como experimentar. Há pessoas que se dão bem com regimes vegetarianos, outras precisam mesmo de comer carne, outras sentem-se bem com o
crudivorismo… Não há certos nem errados, o importante é a resposta positiva do nosso corpo e o modo como nos sentimos.

E depois desta pequena reflexão, vamos à receita. Experimentem, vale mesmo a pena…

Processed with VSCO

Processed with VSCO

Continue reading

Curgete Espiralada com Molho de Couve

Espiralizar vegetais, que ideia fantástica! Desde que descobri esta técnica que não descansei enquanto não comprei um espiralizador. E o que faz este utensílio? Basicamente transforma os vegetais numa espécie de esparguete. Podem ser curgetes, cenouras, beterrabas… Mais uma opção muito saudável para acompanhar as refeições.

Não posso dizer que a experiência tenha sido um sucesso, custou muito a fazer o espaguete e a forma não ficou tão bonita como já vi noutros blogues. Das duas uma, ou espiralizador que comprei não é grande coisa ou a cozinheira não tem jeito nenhum. Partindo do princípio que a primeira hipótese é a verdadeira, acho que vou investir num espiralizador de melhor qualidade.

Claro que, sem um molho para dar um sabor especial, este prato não tinha piada nenhuma! 🙂
Experimentei um molho cru de acelgas, caju e alho, que tem tudo de bom. Para além de muito vivo e saboroso, este molho beneficia do poder mágico do alho. Sabiam que o alho é um poderoso antioxidante com ação anti-bacteriana, antifúngica e antiviral? O alho tem a capacidade de lutar contra vírus, tratar gripes, infeções respiratórias, fúngicas e problemas digestivos. Mas tudo isto se for consumido cru, uma vez que o ingrediente ativo do alho responsável pelas suas propriedades medicinais perde potência quando aquecido.

Processed with VSCO

E agora a receita… Experimentem!

Continue reading

Croquetes de Tofu e Quinoa

As minhas irmãs ofereceram-me no Natal o livro da Gabriela Oliveira, “Receitas Vegetarianas para Quem Quer Poupar“, e desde então que estou viciada nestas receitas (obrigada manas!!!). Já experimentei várias, faço sempre as minhas adaptações claro, mas são todas maravilhosas e saem sempre bem. Quando não sei o que fazer de almoço ou jantar, abro o livro e encontro sempre uma boa ideia. Foi o caso destes croquetes de tofu e quinoa. Ricos em proteína, cálcio, fósforo e magnésio, estes croquetes fizeram as delícias dos meus pequenotes (e da mamã também!). Muito bons mesmo!

Esta é mais uma boa sugestão para as refeições das crianças. Pelo menos cá por casa tudo o que seja croquete, almôndega ou hambúrguer é sempre muito bem aceite pelos meus filhos. Ao contrário do que podemos pensar, as crianças não gostam só de carne. Se lhes oferecermos desde cedo uma alimentação variada, elas aprendem a apreciar os diferentes sabores e a gostar um bocadinho de tudo. Claro que são todas diferentes e pode haver alimentos de que não gostem mesmo, mas isso é uma característica própria, não é esquisitice. Eu sou adepta que todas as cantinas escolares deveriam ter opções vegetarianas, nem que fosse 1 vez por semana. A quantidade de proteína animal que oferecem às crianças nas escolas é muito elevada, o que não é de todo benéfico para a saúde e terá com certeza consequências negativas na idade adulta.

Desafio a experimentarem estes croquetes e darem aos vossos filhos. Não há desculpas porque são muito fáceis de fazer… Acho que a maioria das pessoas pensa como o meu marido, quando me vê na cozinha com as mãos “na massa”:
– Que trabalheira tens tu! – diz-me ele.
Pois não dá trabalho nenhum, ou melhor, fazer estes pratos vegetarianos dá o mesmo trabalho que uma receita mais convencional. É só apanhar o jeito… 🙂

Processed with VSCO

Processed with VSCO

Continue reading

Risotto de Ervilhas e Cogumelos

Sou fã de risottos… A versão original leva manteiga e queijo, por isso estou sempre a tentar replicar este prato numa versão mais saudável e sem derivados de leite. Encontrei esta receita e não podia deixar de experimentar, já que também adoro cogumelos e ervilhas. Posso dizer que ficou um risotto super agradável, cremoso, encheu-me as medidas. O sabor das raspas de limão surpreendeu-me pela positiva, não podia conjugar melhor com o manjericão. Mais uma experiência de sucesso na cozinha do “Happy Food Happy People”… 🙂

Que tal um risotto hoje para o almoço?

Processed with VSCO

Continue reading

Feijoada de Cogumelos com Chouriço de Tofu

De vez em quando lá vem a vontade de comer uma boa feijoada… É um prato reconfortante, quente, que a mim me faz sentir bem. Esta ficou fantástica, muito saborosa, toda a gente apreciou cá por casa.

Nunca tinha experimentado fazer a feijoada com chouriço de tofu mas resolvi comprar e resultou muito bem pois deu um sabor apurado e cremosidade ao molho.

Mais uma ideia perfeita para aderirem amanhã ao Movimento 2as sem carne. 🙂

Processed with VSCO

Processed with VSCO

Continue reading