Receita de Desodorizante Caseiro

Comer de forma consciente é uma verdadeira evolução interior. Ficamos mais atentos a nós próprios, aos outros, ao mundo. Passamos a pensar mais no que fazemos e nas consequências dos nossos atos. Passamos a interessar-nos pela sustentabilidade ambiental e a tentar reduzir a nossa pegada ecológica. Sempre que compro qualquer produto, seja alimentar ou não, tenho sempre atenção se é biológico, se foi testado em animais, se tem aditivos prejudiciais à saúde e ao planeta. Sim, é um pouco mais caro, mas é um investimento em nós e o ambiente agradece.

Para além dos aditivos que ingerimos nos alimentos, também somos diariamente expostos através da pele a uma quantidade enorme de produtos químicos. Desde cremes, champôs, pastas de dentes, desodorizantes, perfumes… É só lerem os rótulos, acredito que vão ficar espantados com tanto E, tanto químico, tanto aroma e corante. Tenho sempre comigo, num papelinho na carteira, uma lista das substâncias presentes em cosméticos que devem ser evitadas ou utilizadas com cautela devido aos seus efeitos nocivos à saúde humana e ao ambiente como um todo. Partilho essa lista convosco:

-Triclosan
-Triclocarban
-Triclocarban
-Formaldeído
-Liberadores de formaldeído
-Alcatrão de carvão ou alcatrão de hullha
-Cocamida DEA
-BHA e BHT
-Chumbo ou acetato de chumbo
-Fragrâncias
-Parabenos (muitas vezes com prefixos como methyl, ethyl, propyl, benzyl e butyl)
-Tolueno
-Oxibenzona
-Ácido Bórico
-Liberadores de dioxano
-Lauril sulfato de sódio
-Palmitato de retinol
-Ftalatos
-Flúor

Podem ver a explicação no Portal eCycle .

Mas relativamente aos desodorizantes… Um desodorizante é um produto que serve para remover o odor da transpiração e não para impedi-la. Por isso não se devem usar anti-transpirantes, que retêm a transpiração, impedindo o corpo de eliminar as toxinas. Devemos evitar desodorizantes com alumínio (na forma de cloridrato de alumínio), que é, por norma, a substância usada para impedir a transpiração.

Há muitas receitas fáceis para fazer desodorizantes em casa, livres de álcool, alumínio, parabenos e todas as outras substâncias nocivas. Experimentei uma receita à base de óleo de côco e pelo menos comigo resultou bastante bem.

IMG_0061

Desodorizante Caseiro

– 5 colheres de sopa de óleo de côco
– 1 colher de sopa de óleo de amêndoas doces
– 3 colheres de sopa de amido de milho (farinha Maizena)
– 3 colheres de sopa de bicarbonato de sódio (em pó fino)
– 12 a 15 gotas de óleo essencial de alfazema (opcional)

  1. Amornar o óleo de côco (que é sólido abaixo dos 25ºC) e misturar com os restantes ingredientes.
  2. Colocar a mistura numa embalagem, de preferência reutilizável.

De notar que, se o tempo estiver quente, o desodorizante fica líquido, pelo que o melhor é guardá-lo no frigorífico, e tirá-lo algum tempo antes de utilizar. Eu tiro-o de manhã logo que acordo e levo-o para a casa de banho. O calor do banho é suficiente para que o desodorizante começe a derreter ligeiramente e seja fácil a sua aplicação.

O óleo de côco, o óleo de amêndoas doces e o óleo essencial comprei no Celeiro.

Se experimentarem digam-me o que acharam.

Dica retirada deste blog que já é leitura obrigatória.