Mini-Quiches de Beringela e Cebola Roxa

Andava com vontade de uma quiche, confesso… (e não digo desejos para não lançar boatos infundados sobre um possível bebé a caminho 🙂 ). Desde que deixei de consumir glúten que é raro poder comer quiches fora de casa, não é fácil encontrar locais onde as vendam. Por isso nada como meter literalmente as mãos na massa e inventar uma receita de quiche sem glúten que satisfizesse as minhas papilas gustativas.

Decidi usar as farinhas que tinha em casa e eis que surgiu uma massa simples, boa de trabalhar e que ficou bem saborosa. Em relação ao recheio mais uma vez usei o que andava perdido no frigorífico: meia beringela e um pacote de natas de aveia aberto há uns dias. Ainda juntei cebola roxa para dar mais sabor. E não podia ter ficado mais contente com o resultado! Ficaram mesmo boas…

Em jeito de curiosidade, sabiam que a cebola é um alimento excelente para a saúde? Eleva o bom colesterol, purifica o sangue, ajuda os rins e é útil para combater doenças respiratórias e digestivas. A cebola roxa é ainda rica em antioxidantes e é a minha preferida pelo sabor mais suave e adocidado. É ótima em saladas e assada no forno.

Para estas quiches usei umas formas mini bem engraçadas (comprei aqui) e fiz só duas unidades para testar. Mas podem duplicar a dose e fazer 4 logo de uma vez, para a próxima é o que vou fazer dado o sucesso da experiência.

Algum adepto de quiches e tartes salgadas com uma boa receita sem glúten para partilhar? 🙂

 Mini-Quiches de Beringela e Cebola Roxa (2 unidades)
[Sem Glúten, Sem Leite, Sem Ovos, Vegan]

Para a Massa:
– 65g de farinha de arroz integral
– 40g de farinha de grão
– 20g de polvilho azedo
– 1/2 colh. de chá de sal marinho
– 1/2 colh. de sopa de sementes de chia (demolhadas em 1+1/2 colh. de sopa de água)
– 3 colh. de sopa de azeite
– 4 colh. de sopa de água

Para o Recheio:
– 1/2 beringela
– 1 cenoura
– 1 cebola roxa pequena
– 1 dente de alho
– 6 colh. de sopa de natas de aveia
– 1 colh. de sopa de vinagre de cidra
– sal, cominhos, gengibre em pó e tamari qb
– cebolinho fresco para decorar

1. Juntar todos os ingredientes da massa e misturar com as mãos. Amassar bem e formar uma bola. Levar ao frigorífico durante cerca de 15 minutos.
2. Passado esse tempo dividir a massa em duas partes e, com as mãos, espalhar em cada uma das formas, pressionando bem de modo a que fique uma camada fina e uniforme.


3. Levar ao forno pré-aquecido a 180º por 15 minutos.
4. Entretanto preparar o recheio: cortar o alho, a cebola, a cenoura e a beringela em pedaços pequenos (usei um processador).
5. Numa frigideira alourar a cebola, alho e cenoura num pouco de azeite.
6. Juntar a beringela, o vinagre de cidra, o tamari, o sal, os cominhos e o gengibre, mexer e tapar. Deixar cozinhar entre 10 a 15 minutos até os legumes estarem tenros.


7. Retirar as bases de tarte do forno, deitar o recheio e por cima as natas de aveia (3 colheres de sopa por tarte). Polvilhar com o cebolinho picado.
8. Levar ao forno mais 20 minutos ou até a crosta das tartes estar dourada.