Mini-Bolos Rei para o Natal

Não posso dizer que sou a maior fã do Natal… E só há bem pouco tempo me apercebi da razão. No meu imaginário, talvez influenciado pelos filmes que via desde criança, o Natal sempre foi sinónimo de casa cheia, união da família, muitas crianças, risos, alegria, afetos. E a minha realidade, fruto de ter pais separados e ser filha única até aos 14 anos, sempre foi bem diferente. Noite de natal para um lado, dia de Natal para o outro. Raramente tinha companhia de outras crianças. E portanto, o Natal a mim sabia-me sempre a separação (e alguma solidão). Nunca conseguia ter toda a gente de quem gostava perto. Para melhorar a situação tenho um marido também com pais separados e por isso atualmente a logística familiar na época natalícia consegue ser ainda mais complexa.  🙂

Mas tento transmitir a magia do natal aos meus filhos, o melhor que consigo. E não só nesta época mas todos os dias. Porque o Natal é aquilo que nós quisermos, quando quisermos…

Este ano aventurei-me no bolo rei para o meu Natal. Em versão mini… 🙂 São bem simples e rápidos de fazer, pois não necessitam de fermentar. Sem glúten nem açúcar adicionado, ficaram muito saborosos e cumpriram as minhas expetativas. Um miminho de mim para mim.

Que este Natal seja Amor, Partilha, União, Amizade, Tolerância, Respeito, Sorrisos, Abraços e Beijos. Que seja tudo aquilo que nos faz sentir bem e felizes.  

FELIZ NATAL!

Mini-Bolos Rei (4 unidades)
[Sem Glúten, Sem Leite, Sem Ovos, Vegan]

– 125 g de batata doce cozida
– 75 g de farinha de trigo sarraceno
– 75 g de farinha de amêndoa
– 1 colh. de sopa de psyllium husk (ou linhaça moída)
– 2 colh. de sopa de geleia de arroz (ou mel)
– 4 colh. de sopa de amêndoa em palitos
– 3 colh. de bagas goji
– Tâmaras e ameixas secas para decorar

1. Juntar o psyllium husk com 6 colheres de sopa de água e deixar repousar 5 minutos até formar um gel (se usarem linhaça com 3 colheres de sopa de água durante 15 minutos).
2. Num robot de cozinha (ou com um garfo) transformar a batata doce em puré e juntar as farinhas, a geleia de arroz e o gel de psyllium.
3. Misturar tudo muito bem e formar uma bola com as mãos. Deixar repousar durante cerca de 30 minutos.
4. Passado esse tempo juntar as bagas goji e a amêndoa em palitos, misturar mais um pouco e dividir a massa em 4 porções de igual tamanho.
5. Formar bolas e com o dedo fazer um buraco no meio de cada uma (criando uma espécie de rosca).
6. Decorar com as tâmaras e as ameixas secas e com mais alguma amêndoa em palitos e colocar num tabuleiro coberto com papel vegetal.


7. Levar ao forno pré-aquecido a 180º durante cerca de 35 minutos ou até os bolos ficarem com um aspeto dourado.
8. Retirar e deixar arrefecer numa rede.

NOTA: Não ficam muito doces, por isso se forem gulosos podem colocar mais geleia de arroz. 🙂