Curgete Espiralada com Molho de Couve

Espiralizar vegetais, que ideia fantástica! Desde que descobri esta técnica que não descansei enquanto não comprei um espiralizador. E o que faz este utensílio? Basicamente transforma os vegetais numa espécie de esparguete. Podem ser curgetes, cenouras, beterrabas… Mais uma opção muito saudável para acompanhar as refeições.

Não posso dizer que a experiência tenha sido um sucesso, custou muito a fazer o espaguete e a forma não ficou tão bonita como já vi noutros blogues. Das duas uma, ou espiralizador que comprei não é grande coisa ou a cozinheira não tem jeito nenhum. Partindo do princípio que a primeira hipótese é a verdadeira, acho que vou investir num espiralizador de melhor qualidade.

Claro que, sem um molho para dar um sabor especial, este prato não tinha piada nenhuma! 🙂
Experimentei um molho cru de acelgas, caju e alho, que tem tudo de bom. Para além de muito vivo e saboroso, este molho beneficia do poder mágico do alho. Sabiam que o alho é um poderoso antioxidante com ação anti-bacteriana, antifúngica e antiviral? O alho tem a capacidade de lutar contra vírus, tratar gripes, infeções respiratórias, fúngicas e problemas digestivos. Mas tudo isto se for consumido cru, uma vez que o ingrediente ativo do alho responsável pelas suas propriedades medicinais perde potência quando aquecido.

Processed with VSCO

E agora a receita… Experimentem!

Curgete Espiralada com Molho de Couve (1 pessoa)

– 1 curgete

Para o molho:
– 4 folhas de couve (usei acelga)
– 1 mão de cajus demolhados
– sumo de meio limão
– 1 dente de alho
– sal a gosto
– sementes de girassol para polvilhar

1. Descascar a curgete e espiralizá-la utilizando um espiralizador de vegetais (se não tiverem podem usar um descascador em juliana para laminar a curgete).
2. Colocar as espirais num passador para deixar escorrer qualquer água que se solte da curgete.
3. Preparar o molho, começando por lavar as couves e tirar os talos, caso tenham. Descascar o dente de alho e cortá-lo aos bocados.
4. Num processador de alimentos juntar todos os ingredientes e triturar até ficar cremoso.
5. Colocar a curgete num prato e servir com o molho por cima. Polvilhar com algumas sementes de girassol.

  • Nunca comprei um espirilizador (parece-me um produto muito caro!), mas também fico com vontade ao ver as fotos de quem tem um! Incluindo estas 😀 Mesmo com um espirilizador imperfeito, conseguiste fazer um pratinho maravilhoso ::)

    • Maria

      Obrigada! Mas ainda tenho muito a melhorar… 🙂